quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Eu amo Paris





Livro: Eu amo Paris
Série I Heart - livro 3
Autora: Lindsey Kelk
Gênero: Romance 
Editora: Fundamento
280 Páginas

Sinopse:

Angela está a caminho da cidade mais romântica do mundo: Paris. Um lugar perfeito para o amor... e problemas! Depois do alvoroço em Hollywood, Angela volta à amada New York. Sua vida está perfeita novamente: tem o emprego dos sonhos na badalada revista The Look e está a um passo de ir morar com Alex, seu namorado lindo e sexy. Então, quando ele é contratado para tocar num Festival em Paris e a convida para ir junto, ela aproveita a oportunidade para escrever um guia de viagem sobre a cidade mais romântica do mundo! Munida de muito estilo e determinação, Angela explora as charmosas ruas de Paris em busca de destinos descolados para o seu artigo. Mas logo ela percebe que há algo muito errado... Parece que alguém está sabotando seu trabalho! Sem Jenny por perto para aconselhá-la, Alex ocupado com os compromissos da banda e, de quebra, a "ex" de seu namorado a atormentando, Angela sente que seu emprego está por um fio e que sua vida amorosa está desmoronando. Estando tão perto de sua casa em Londres, ela pode largar tudo em Paris e voltar para a segurança de sua família. Mas é isso mesmo o que ela quer? Perder seu emprego é uma coisa, mas e quanto a perder Alex? É hora de Angela descobrir o que realmente importa em sua vida...Confira as aventuras de Angela em Eu Amo Paris!  

Minha opinião

Ai que inveja!
Quero taaaaanto conhecer Paris ... um dia eu vou!

Angie está com toda a sua vida nos eixos novamente,  e Alex faz O convite ... para a viagem dos sonhos!
Junto com isto, ela ainda tem a chance de fazer a matéria perfeita para alavancar sua carreira e garantir a estada nos EUA, e, mesmo com Jenny longe e a ajudando, com a mala de viagem perfeita, as coisas já começam a dar errado logo no desembarque no aeroporto.

Tudo o que Angie imaginou e planejou para Paris está dando errado ... Jenny não está falando com ela, Alex está ocupado com a banda e tem a ex-namorada agourenta cercando ele, e até mesmo o seu guia de viagens descolado, está difícil de sair, e ela teme que tudo que ela sonha acabe ir pelo ralo.

Um pouco mais tenso que os dois anteriores, mas sem deixar de lado as trapalhadas que são a marca registrada da Angie! Você vai dar boas risadas também!! 
E quem sabe, já vai anotar um roteiro diferente para conhecer Paris ... assim como eu !

Aproveite e boa leitura!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Eu amo Hollywood




Livro: Eu amo Hollywood
Série I Heart - livro  2
Autora: Lindsey Kelk
Gênero: Romance 
Editora: Fundamento
296 Páginas


Sinopse:

Você não sabe que o que dizem no jornal de hoje estará embrulhando peixe no mercado amanhã? Depois de fugir de seu ex-noivo e ir parar na vibrante New York, a inglesa Angela Clark está convencida de que finalmente encontrou seu lugar no mundo. Fez novos amigos - entre eles a antenada Jenny -, tem o emprego dos sonhos na badalada revista The Look e está perdidamente apaixonada por Alex, seu namorado supersexy. Mas tudo vira de cabeça para baixo quando vai a Hollywood entrevistar James Jacobs, um ator lindo de morrer. Em meio ao glamour dessa ensolarada cidade e das compras na Rodeo Drive, Angela logo descobre que a vida de celebridade não é nada fácil. A reputação de conquistador de James coloca Angela em apuros quando os dois são fotografados por um paparazzo numa situação um tanto "comprometedora". De repente Angela se torna o centro das atenções! Mas será que essa inglesinha atrapalhada conseguirá convencer seus amigos - e principalmente sua chefe e seu namorado - de que tudo não passou de um mal-entendido? Confira as aventuras de Angela em Eu Amo Hollywood! 

Minha opinião

Não tão divertido quanto o primeiro livro, e talvez, pelo charme de NY ser ofuscado pelas luzes do letreiro de Hollywood, este livro da série I heart segue o mesmo estilo do primeiro, com Angie narrando os seus fora e gafes, mas agora, rodeada de celebridades.
Jenny continua tão maluca quanto sempre, e conseguindo sempre arrastar Angie para conseguir os melhores achados no quesito guarda roupa, e algumas roubadas, no quesito baladas.

Só achei que desta vez, elas exageram um pouco demais nas baladas, e Angie quase fica, sem emprego e sem noivo. Em alguns trechos o livro fica um tanto quanto chato,  e cheio de drama adolescente, coisas que elas já deixaram de ser há algum tempo, mas no final, tudo volta aos trilhos e ainda dá tempo de rir um bocadinho.

Não desista tão cedo, e se divirta em LA!

Boa leitura!!

domingo, 25 de janeiro de 2015

Batida do coração


Livro: Batida do coração - Série Runaway Train II
Autor(a): Katie Ashley
Editora: Pandorga
ISBN: 978-85-8442-024-7
Ano: 2014
Páginas: 388
Classificação: New Adult, Literatura norte-americana


Sinopse:

Após anos de relacionamentos ruins e um noivo infiel, Mia Martinelli, de vinte e oito anos, prefere curar o coração de seus pacientes, em vez de correr o risco de ter seu coração partido novamente. Mas tudo isso cai por terra quando, ao cuidar do encarregado dos roadies da Runaway Train, coloca em sua vida o baterista e amante latino, AJ Resendiz.
Depois de um fim de semana de paixão ardente, a intenção de Mia de não machucar seu coração é colocada à prova pelo mulherengo de senso de humor malicioso, principalmente quando ele insiste em continuar a vê-la.
Porém quando ela se depara com a dura realidade da enorme quantidade de admiradoras de AJ, suas inseguranças chegam ao limite e Mia deixa AJ algemado no chuveiro.
AJ nunca imaginou que depois de duas semanas do melhor sexo com a melhor companhia possível, ele teria que ser resgatado por seus colegas de banda algemado dentro de um banheiro.
Embora ele tente esquecer a morena sensual, cujas curvas o faziam salivar, AJ não consegue tirá-la da mente e... do coração.
Meses depois quando ele finalmente procura Mia para descobrir por que ela foi embora, nada poderia prepará-lo para o reencontro que mudaria sua vida.
Poderia AJ provar a Mia que, apesar de todas as mulheres que ele teve, seu corpo e seu coração pertence apenas a ela?


Minha opinião

Mais um roqueiro sucumbindo ao amor ...  e o ritmo continua, nas batidas do coração!

AJ é o baterista da Runaway Train, melhor amigo de Jack, e tão bocudo, sexy e lindo quanto ele, e junte a isto tempero de sangue mexicano ... hola chica!

Mia é uma autentica criação siciliana, italiana, sangue quente também, e muito, muito judiada na vida, apesar de todo o amor e proteção da família. Ela é enfermeira, e está de serviço, quando conhece AJ. foi uma cena engraçadíssima e teria sido deveras constrangedor, se ela não fosse rápida nas palavras, e sem perder a classe, além de deixar AJ sem palavras. 

A autora não perde o ritmo, e, assim como o primeiro livro, mantém a mesma receita ... a narrativa é divertida, bem humorada, agitada e muito quente!  Drama na medida certa, além de muito amor. Outra delícia de livro para ler ... e estou torcendo para as sequências não demorarem muito a chegar por aqui também.

Vale o tempo gasto !

Boa leitura!!

sábado, 24 de janeiro de 2015

Música do Coração



Livro: Música do coração - Série Runaway Train I
Autor(a): Katie Ashley
Editora: Pandorga
ISBN: 978-85-6178-476-8
Ano: 2014
Páginas: 320
Classificação: New Adult, Literatura norte-americana


Sinopse:

Para Abby Renard, o plano era para ser simples, se juntar a banda de seus irmãos na última etapa da sua turnê de verão, e decidir se ela está finalmente pronta para a ribalta, tornando-se o seu quarto membro. É claro que ela nunca imaginou que tropeçar no ônibus de turnê errado na Rock Nation, teria acidentalmente pousado-a na cama de Jake Slater, o notório vocalista mulherengo da Runaway Train. Quando ele a confunde com uma de suas groupies, Abby rapidamente esclarece que ela com certeza não está na sua cama de propósito.

Jake Slater nunca imaginou que o anjo que caiu na sua cama iria resistir a seus encantos, no mesmo instante o deixou de joelhos. Naturalmente, o fato de que ela parece uma menina certinha do coro poderia ser qualquer coisa, menos o tipo dele. Então, ele esta mais do que surpreso quando, depois de apostar com Abby que ela não duraria uma semana no seu ônibus de turnê, ela esta mais do que disposta a provar que ele estava errado. Com a vida pessoal de Jake implodindo a sua volta, ele encontra uma improvável aliada em Abby. Ele nunca conheceu uma mulher que pudesse conversar, brincar, ou o mais importante fazer música com ela.

Quando a semana começa a chegar ao fim, nem Abby, nem Jake estão prontos para seguir em frente. Pode uma cantora de Country querida e um bad boy do rocknroll, de verdade, terem um futuro juntos?

Minha opinião

Uma delícia de ler!

Divertido, agitado, bem humorado e hot, tudo na medida certa, e pouquíssimo drama, o que torna o livro super rápido de ler, e impossível de deixar de lado.

Abby é amável, estudiosa, linda e generosa, mas isto não a faz ser uma garota ingênua. Quando preciso, ela sabe se impor e se defender.

Jack é sedutor, bocudo lindo e sexy, e acha que só por ser famoso, tem todas as garotas à seus pés ... mas ele ainda não conhecia a Abby ... que acabou por engano no ônibus da sua banda, mas não deixou isto barato não ... e no final, 1 semana foi o suficiente para ensinar muitas coisas, tanto para Abby, quanto para Jack.

Uma delícia de ler, narrativa fluída e com tantos momentos divertidos, que quando você percebe, está nas últimas páginas, que são as mais comoventes ... você vai ler com o coração apertado, mas vai se apaixonar ainda mais no final.

Vale bons momentos!!

Boa leitura!!

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O clube do biscoito



Livro: O clube do biscoito
Autor(a): Ann Pearlmann
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 978-85-286-1471-8
Ano: 2009
Páginas: 294
Classificação: Romance


Sinopse:

Todos os anos, na primeira segunda-feira de dezembro, Marnie e suas doze amigas mais
íntimas se reúnem para uma festa, trazendo um montão de biscoitos caseiros lindamente
embrulhados. Além dos biscoitos, todas devem comparecer com quitutes, vinho e, lógico, muitas e deliciosas histórias.
Este ano, por diversos motivos, o encontro será especialmente importante. A filha mais velha de Marnie está passando por uma gravidez de risco. Quem sabe, ao fim da reunião, vamos descobrir como terminará essa história. O pai de Jeannie está traindo a esposa com a melhor amiga da filha. Quem mais sabe sobre o caso? Mesmo entre amigas tão íntimas quanto elas, será possível simplesmente passar uma borracha e perdoá-los? O marido de Rosie não quer filhos; ela precisará decidir, muito em breve, se isso é motivo para terminar tudo. E não para por aí: após ser deixada pelo marido, a vida financeira de Taylor está em derrocada. Cada mulher, cada amiga tem uma história para contar, e elas estão todas entrelaçadas, assim como suas vidas.

Minha opinião

Simplesmente maravilhoso!

É um livro sobre amor, amizade, troca e superação.

São 12 participantes, muitas delas presentes desde o início do clube, que tem regras, e fila de espera para as vagas que se abrem.

Marnie é a biscoiteira líder, que organiza o clube, cede sua casa, decorada com carinho para o encontro e narradora principal do livro, em capítulos que se iniciam com a receita do biscoito que cada participante preparou para o encontro, a história do preparo, e o que as levou a fazer esta receita específica, e finaliza com Marnie explicando a origem e a importância de vários ingredientes utilizados, como açúcar, sal, farinha e especiarias, o que além de ensinar, dá um toque mágico ao livro.

O desenvolvimento dele é perfeito, cada capítulo do livro, focado em uma das participantes do clube, contando seus problemas e dificuldades e como cada amiga participou de alguma forma, ajudando ou apoiando, ao longo do ano e da vida.

Fiquei absolutamente apaixonada por este livro, até mesmo por que, em vários pontos, ele me faz pensar em dois grupos distintos que participo, um de leitura, e outro de scrapbooking, e, em cada um deles, eu sei que temos o mesmo tipo de troca essencial, de amor, amizade e apoio. E isto, é algo que faz bem para a alma, e dinheiro algum no mundo, compra isto.

Vale muito a leitura, e, assim que você começar, vai ser difícil de largar o livro, até o seu final.

Dedique um tempo a uma leitura prazerosa, encante-se com os ingredientes e deixe os aromas lhe envolverem na magina do preparo de cada receita, e em cada estória contada. Reflita e veja como de uma forma ou outra, isto se aplica à sua vida, e veja que, nos pequenos gestos do seu dia-a-dia, você pode encontrar a magia do amor e da amizade para superar qualquer momento ruim que venha a acontecer.

Boa leitura!!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Entre o agora e o sempre



Livro: Entre o agora e o sempre
Autor(a): J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
ISBN: 978-85-8105-140-6
Ano: 2012
Páginas: 268
Classificação: Romance, New Adult


Sinopse:

Camryn Bennett e Andrew Parrish nunca foram tão felizes. Cinco meses depois de se conhecerem num ônibus interestadual, os dois estão noivos e prestes a ter um bebê. Nervosa, mas empolgada, Camryn mal pode esperar para viver o resto de sua vida com Andrew, o homem que ela sabe que vai amá-la para sempre. O futuro só lhes reserva felicidade... até que uma tragédia os surpreende.

Andrew não consegue entender como algo tão terrivelmente triste pôde acontecer. Ele tenta superar o trauma — e acredita que Camryn esteja fazendo o mesmo. Mas, quando descobre que ela busca sufocar uma dor imensa de uma forma perigosa, fará de tudo para salvá-la. Determinado a provar que o amor dos dois é indestrutível, Andrew decide levar Camryn numa nova jornada carregada de esperança e paixão. O mais difícil será convencê-la a ir junto...


Minha opinião

Aiiiiii, sério?!? É muito drama em uma história só!!

Acho que me acabei de chorar com Cam e Andrew, e mais uma vez, eles estão batalhando um monte, para superar uma grande perda. Ponto para o andrew, que, em momento algum descumpriu sua promessa, e não desistiu de lutar pela Cam, e manter ela de cabeça erguida.

Tiveram dificuldades? Sim! Mas ainda assim, ambos batalharam para superar todas elas, e maior de todas ... o medo, e conseguiram encontrar a felicidade que eles tanto buscavam!

O livro é lindo, com todos os percalços, altos e baixos, e eu amei o final.

Quem leu o primeiro e gostou, vais gostar do segundo também! Não perca tempo!

E boa leitura!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Entre o agora e o nunca



Livro: Entre o agora e o nunca
Autor(a): J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
ISBN: 978-85-8105-140-6
Ano: 2012
Páginas: 268
Classificação: Romance, New Adult


Sinopse:

Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.


Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Minha opinião

Eu estava amando o livro, e pensei, finalmente uma história de amor sem drama e que vai terminar com todo mundo feliz ... aí eu chego la perto do final e tudo começa a desandar, o que é isso?!? Assim não vale!

Camryn é uma garota de 20 anos, que já sofreu várias perdas, muito significativas para ela, mas ao invés de sofrer com elas, e passar por todo o processo de sofrimento, aceitação e cura, ela simplesmente se fecha, não deixa que ninguém saiba como ela se sente e faz todos pensarem que ela esta bem. Até que chega um ponte que nem mesmo ela consegue se reconhecer ... e é onde ela resolve embarcar aleatoriamente em um ônibus, para perseguir o seu sonho de liberdade, e quem sabe com isto, voltar a sentir alguma emoção.

Andrew também embarca no ônibus, como forma de pensar a respeito da sua vida, e aceitar o fato de que logo perderá seu pai.

Um começo divertido, onde ambos se estranham no início, mas que aos poucos os unem, cada um a seu modo, apoiando e protegente o outro e ajudando a enfrentar as dificuldades.

Narrado de forma alternada entre Camryn e Andrew, o livro é gostoso de ler, com um ritmo tranquilo, e, tirando as maluquices e babaquices da Natalie, melhor amiga de Camryn, tudo parece ser uma grande aventura e novas descobertas. Além de um teste de resistência para cada um deles.

Cam e Andrew passam um tempo fugindo de suas realidades, em busca da felicidade pessoal, e acabam encontrando um pouco mais do que isto ... e, mesmo com um pouco de drama, o final é lindo, para que está torcendo pelo casal.

E não pense que você vai para só para ler um pedacinho, por que quando você se der conta, foi o livro todo!

Então, agora é correr para a continuação, por que quero saber como os dois irão continuar a história deles!

Boa leitura!!

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Maximum Ride - Projeto Angel




Livro: Maximum Ride - Projeto Angel
Autor(a): James Patterson
Editora: #Irado
ISBN: 978-85-8163-525-5
Ano: 2014
Páginas: 406
Classificação: Ficção, literatura norte-americana

Sinopse:

Maximum Ride tem 14 anos. Ela e os seus amigos seriam crianças normais se não tivessem o dom de voar. Para algumas pessoas esse poder seria um sonho, mas, no caso da turma de Max, a vida se transformou em um pesadelo sem fim desde que a perseguição dos Apagadores começou.
Seja em cima das árvores do Central Park, em uma jornada escaldante no deserto da Califórnia ou nas entranhas do metrô de Nova York, Max e sua nova família lutam para compreender por que eles são diferentes de todos os outros seres humanos. A maior dúvida é: eles vão salvar a humanidade ou ajudar a destruí-la?
Impossível ficar indiferente a Max! Sarcástica, corajosa e meio impaciente, ela é a líder mais poderosa e forte que você já conheceu. Ao mesmo tempo em que luta para se proteger e salvar a vida dos seus amigos, Max tenta entender por que tudo tem que ser tão difícil e diferente para eles. 
Se você gosta de ação rápida, dinâmica, daquelas de tirar o fôlego, com vilões que você ama odiar... Este é o seu livro! Uma aventura fantástica e imprevisível, que emociona e desperta a imaginação. 



Minha opinião:

O livro já começa com um alerta: 

"Se você ousar ler esta história, vai virar parte do Experimento. Sei que isso parece um pouco misterioso ... Mas é tudo que posso dizer agora. Max "

Adrenalina em grandes doses ... por que, logo após Max se apresentar no prólogo e ao seu bando também, o livro já desencadeia a curiosidade, sobre todos eles.

Maximum Ride, como ela mesma nomeou-se, é a líder do bando. Ela só tem 14 anos, mas fala e cuida de todos como se fosse muito mais velha. Junto com ela estão Fang [14 anos], Iggy [14 anos], Nudge[11 anos] e os irmãos Gazzy [8 anos] e Angel [6 anos], a caçula do bando.

Suas únicas memórias são do período traumático que viveram n'A Escola', o laboratório onde foram usados como cobaias humanas e de onde fugiram para esconder-se nas montanhas, o mais longe possível de sua prisão.

Mas agora, eles estão sendo caçados novamente, e Angel foi sequestrada e levada de volta para A Escola, e submetida a testes, muitos deles cruéis para a pequena. O bando se reagrupa e organiza o resgate dela, mas não sem antes sofrer um bocado e passar por varias dificuldades.

É uma série voltada ao público adolescente, mas, para quem gosta deste segmento, não vai se decepcionar.

A série conta cm 8 livros, e foi lançada em 2005, só espero que as sequências não demorem muito a serem publicadas, por que tô curiosa com a continuação da aventura do bando!

É meu primeiro livro deste autor [... ainda não consegui ler a série do Alex Cross ...] e gostei da narrativa, agitada, com doses equilibradas de tensão, sustos e muita adrenalina!  Sim, por que a gente acaba entrando junto com o bando nos momentos de fuga, e torcendo para que todos consigam chegar vivos ao final!

Para quem se aventurar, boa leitura!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

O rei branco




Livro: O rei branco
Autor(a): György Dragomán
Editora: Intrínseca
ISBN: 978-85-98078-47-2
Ano: 2005
Páginas: 256
Classificação: Ficção húngara


Sinopse:


Estar sempre em casa aos domingos: isso é um compromisso para Dzsátá, de 11 anos, um garoto do Leste Europeu. Foi em um domingo que os homens da Polícia do Estado entraram em sua casa e levaram seu pai. Ele acredita que será em um domingo que o pai voltará.


Enquanto isso, em sua rotina de aventuras, entretido com violentos jogos de guerra ou brigas nos campos de trigo, com filmes pornôs no reservado do cinema ou com o planejamento de encontros com meninas, Dzsátá começa a descobrir outra realidade – seja por meio da tirania do treinador do time de futebol da escola e dos campeonatos decididos de acordo com interesses do partido; seja devido às trapaças e às dissimulações de trabalhadores e pessoas comuns ou de diplomatas e privilegiados, como seu avô, integrante da elite política.

À espreita dessa adolescência rebelde, contudo, sempre cutucando seu coração, está a prolongada ausência do pai. Quando o garoto finalmente descobre a verdade, arrisca-se a perder sua juventude. Para sempre.

Vencedor do prestigiado Prêmio Sándor Márai – que aponta os melhores autores da Hungria – com O rei branco, o autor transporta a terrível paisagem mental de Dzsátá com frases contínuas e sem enfeites, e constrói habilmente um universo totalitário, profundo e repulsivo. Engraçado e melancólico, mas escrito de forma inovadora, esse retrato de uma infância atrás da Cortina de Ferro nos apresenta a uma nova e impressionante voz da ficção contemporânea europeia.


Minha opinião

É um livro interessante , mas complicado de compreender.

Ele é escrito sem pausas, intervalos, e muitas vezes precisei reler alguns trechos para compreender o significado, captar o que o autor estava tentando transmitir no livro.
Me senti perdida na leitura, como se tivesse caído aleatoriamente na vida do personagem, ou apenas tivesse acesso a alguns pedaço perdidos de um diário de alguém.

Senti que faltava alguma coerência nos relatos, em alguns capítulos eu não via a razão ou o sentido daquele trecho no livro.

No contexto geral, o que percebi, foi que em meio a uma guerra, uma criança perdeu sua infância e inocência, tentando entender o que estava acontecendo.

É uma narrativa triste, mesmo que descreva momentos de diversão, mas ainda assim, em sua totalidade triste, que descreve a realidade que muitos de nós sequer podemos imaginar passar por ela, que, ainda hoje, existe em muitos lugares do mundo.

Definitivamente, não é o meu estilo de leitura, mas foi interessante sair do habitual e preferido.

Para quem se interessou, experimente e veja se gosta!

Boa leitura!

domingo, 18 de janeiro de 2015

Bela distração



Livro: Bela Distração

Autor(a): Jamie McGuire
Editora: Verus
ISBN: 978-85-7686-339-7
Ano: 2014
Páginas: 308
Classificação: Literatura norte-americana, New Adult


Sinopse:

Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga. 

Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora. 


Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.


Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez. 


Em Bela distração, o leitor vai mergulhar novamente nas emoções do universo de Belo desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby.



Minha opinião


É fato, os irmãos Maddox são de matar! De paixão!!

Agora é a vez do Trenton brigar para ter Cami com ele. Não adianta achar ruim, brigas fazem parte do pacote Maddox. A narrativa é paralela à história de Travis+Abby, pois eles aparecem em alguns pedaços aqui, mas o foco principal e a narrativa é da Cami.

Camille Camlin é descolada, confiante e ama muito sua família, mesmo que ela esteja implodindo, por conta do alcoolismo de seu pai. Com três irmãos, ela sabe muito bem como se virar em muitas situações, e ela quer ficar longe de Trenton Maddox, por que sabe que ele é problema, do tipo de problema que ela não precisa, já que ela tem um namorado, que passa mais tempo trabalhando, que lembrando que ela existe.

Acontece que Trent é apaixonado pela Cami desde sempre, e vai fazer de tudo para chamar sua atenção, e tê-la ao seu lado, até mesmo apelar para uma garotinha de 5 anos, cativante, com um belo vocabulário e muito convincente, para ajuda-lo nesta conquista.

Um pouco mais moderado que seu irmão caçula, mas não menos charmoso ou cativante, Trent é fofo, e Cami bem que tenta resistir, mas o charme dos Maddox, fala mais alto!


Vale a leitura, para se apaixonar um pouco mais por este irmão lindos e sexyes!

Boa leitura!

sábado, 17 de janeiro de 2015

Perdendo-me



Livro: Perdendo-me
Autor(a): Cora Carmack
Editora: Novo conceito
ISBN: 978-85-8163-527-9
Ano: 2014
Páginas: 288
Classificação: Literatura norte-americana


Sinopse:

VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.

Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?


Minha opinião

E muito fofo!!! Aí a Bliss vira e dá um olhar mortal ... ok! ok! ok! É sexy!!

Não é o romance do ano, mas o livro é gostoso e rápido de ler, sexy sem ser apelativo, e divertido. No casal da narrativa, a autoria apelou para o clássico professor/aluna, mas ela consegue fazer com que a relação bitolada seja uma graça e sem o drama que sempre se espera desta relação.

Garrick é lindo, sexy, e divertido, e a Bliss precisa crescer, perder a timidez e ser menos analítica, mas ela não deixa de ser inteligente, esperta e divertida também. E todos os coadjuvantes também são ótimos, principalmente a Kelsey e o Cade, ambos ótimos amigos.

Eles são estudantes de Artes em seu último período e se preparando para uma peça e Garrick chega para substituir um dos professores. Boa parte do livro se dá entre as aulas, muitas baladas e a Bliss tentando se decidir o que quer fazer da sua vida, Além de perder a virgindade ...

O livro é perfeito para aqueles períodos chatos de espera em algum lugar, tipo consulta, congestionamento, ônibus, etc ... distrai e diverte, sem precisar carregar um quilo de lenços de papel para emergências dramáticas da narrativa. Indicado para quem gosta do estilo!

Divirtam-se e boa leitura!

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

As guardiãs do templo



Livro: As guardiãs do templo
Autor(a): Fernanda Luongo
Editora: Novo Século
ISBN: 978-85-7679-050-5
Ano: 2006
Páginas: 256
Classificação: Literatura brasileira, ficção


Sinopse:

Mendalin, Símia e Kândrie clamavam por uma mudança, pois não suportavam mais serem incompreendidas e questionadas por seus familiares. Quando completaram dezoito anos algo inusitado aconteceu...Um chamado foi enviado a suas casas... Algo esquisito, misterioso, convocando-as a comparecerem a rua Tudoxsenil. 
Naquele instante, as garotas descobriram que seu destino fora traçado desde o nascimento, e que tinham um importante papel a desempenhar. Porém, para cumprirem esta missão teriam que deixar para trás tudo o que conheciam.Viajariam pelo tempo e espaço para um lugar chamado Shaneon, uma cidade mágica, habitat de seres iluminados e formidáveis, mas também de seres malignos e inescrupulosos. A passagem era só de ida, sem previsão de volta... 
Suas vidas estavam prestes a mudar, sua jornada estava apenas começando.


Minha opinião

É um livro de fácil leitura, mas de conteúdo raso. Ele passaria bem como um texto de redação, mas como livro, falta profundidade, não há uma motivação específica que justifique a narrativa.
A primeira vista, o livro parece ser bom, mas as personagens são fracas, sem conteúdo, e sem motivação. As atitudes em alguns trechos são estranhas, infantis e falta um pouco de foco na narrativa.
A autora pode ser um novo talento, mas acho que ela ainda precisa amadurecer seu modo de escrever.
Talvez seja um livro para adolescentes sonhadores, e como eu já li muitos livros de fantasia, eu esperava um pouco mais, então, me senti decepcionada com a leitura, portanto, se você quer um livro ao estilo de Narnia ou Harrry Potter, esqueça este.

Sem contar que aquela cara que aparece na capa, é medonha ...

Até mais e Boa leitura!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

As batidas perdidas do coração




Livro: As batidas perdidas do coração
Autor(a): Bianca Briones
Editora: Verus
ISBN: 978-85-7686-322-9
Ano: 2014
Páginas: 406
Classificação: Romance brasileiro, New Adult

Sinopse:

Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.
As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.


Minha opinião:

Fabuloso! É o que tenho a dizer sobre o livro de estréia de Bianca Briones.

Eu grudei absolutamente no livro, ri com as atitudes francas de Rafael, e com as respostas rápidas da Viviane, chorei com as perdas que eles enfrentaram tão cedo, e por todos os percalços do relacionamento dos dois. Fiquei feliz por, apesar de todas as dificuldades, eles terem amigos e família, que em momento algum desistiu deles, pois sabemos que são nos momentos mais difíceis e pesados de nossas vidas que precisamos de sustentação.
Pode ser uma narrativa fictícia, mas, por conta de algumas das dificuldades pelas quais eles passaram, eu me identifiquei um tanto, em algumas situações, e talvez por isso, tenha gostado tanto do livro.

A narrativa é dividida entre o ponto de vista de Viviane e Rafael, o que fez a estória fluir e deu sustentação, pois você acompanha a narrativa ora do ponto de vista dela, ora do ponto de vista dele. Isto não tornou o livro repetitivo nem chato.

Agitado, divertido, e com uma boa pegada [em todos os sentidos ...], o livro tem tudo na medida certa para prender a atenção do leitor da primeira à última página, sem contar que a playlist do livro é sensacional ... tanto que, reuni tudo e coloquei lá em baixo para quem quiser uma tarde inteira de boas música ... por que são muitas, e todas ótimas!

Ah, e nos capítulos finais do livro eu chorei ... muito, por tudo que dava errado, pelo sofrimento além da medida que a Viviane e o Rafael precisaram passar ... mas como o avô da Viviane disse, a vida bate em você, bate mesmo, e bate duro, mas nunca bate mais do que podemos aguentar.

Agora, é melhor parar por aqui, antes que eu conte todo o livro.

Super indico este livro!





Boa leitura!

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

O ano da leitura mágica




Livro: O ano da leitura mágica
Autor(a): Nina Sankovitch
Editora: Leya
ISBN: 978-85-8044-265-6
Ano: 2011
Páginas: 232
Classificação: Memórias autobiográficas



Sinopse:
Um desafio: ler um livro por dia durante um ano. Você aceita? Essa foi a promessa que Nina Sankovitch fez a si mesma. Após perder a irmã mais velha para o câncer, e embora precisasse cuidar dos quatro filhos e lidar com os percalços que fazem parte do cotidiano de uma grande família, Nina cria uma jornada para si mesma: ler um livro por dia durante um ano inteiro. Nesse verdadeiro sonho literário, nossa heroína descobrirá que o ano de leitura mágica mudará tudo ao seu redor e que os livros são uma ótima terapia. O ano da leitura mágica também conta a história da família Sankovitch: o pai de Nina, que escapou da morte por um triz na Bielo-Rússia durante a Segunda Guerra Mundial; os quatro ruidosos filhos, que lhe recomendavam livros ao mesmo tempo que a ajudavam a cozinhar e a limpar a casa; e Anne-Marie, sua irmã mais velha e inspiração, com quem Nina compartilhou os prazeres da leitura, mesmo em seus últimos momentos de vida.


Minha opinião

Este livro foi escolhido para uma leitura coletiva do nosso grupo em 2014, e acabou também nomeando nosso projeto literário de 2015.

Nele, a autora e protagonista, Nina Sankovitch,  divide com o leitor a sua experiência de ler um livro por dia, durante um ano, decisão que ela tomou  às vésperas de completar 46 anos, e após a perda de sua irmã mais velha para um câncer.

No livro, ela entremeia a suas memórias, com os livros que lê, e compartilha seus pensamentos, conclusões, e o que cada livro acrescenta à sua vida e de que maneira este desafio transforma a sua vida.

A narrativa é equilibrada, fluída e com uma escrita clara e fácil de acompanhar. O livro tem momentos tristes assim como alegres e reflexivos, sem no entanto ser apelativo.

Sem contar que, para que gosta de ler, acrescenta mais uma série de livros à lista de leitura, pois a autora é muito boa em despertar a curiosidade pelos livros lidos durante seu ano literário.

Com muitas passagens marcantes, o livro merece ser lido com calma e vagar, para que durante a leitura se possa pensar e refletir a respeito dos temas apresentados, e quem sabe, aproveitá-los e de alguma maneira os aplicar em nossas vidas.



Sei, hoje, que o amor é uma força poderosa o bastante para sobreviver à morte e que a generosidade é a maior ligação entre mim e o restante do mundo." Nina Sankovitch


Boa leitura!