terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Amores infernais

Postagem original em: http://tracasecia.blogspot.com/2011/09/amores-infernais.html
 
Livro:  Amores invernais
Autor: Melissa Marr, Gabrielle Zevin, Scott Westerfeld, Justine Larbalestier, Laurie Faria Stolarz
Gênero: Ficção
Editora: Galera Record
288 Páginas
Amores Infernais

Amar pode ser um inferno,
mas sempre vale a pena.

Sinopse:


Histórias de amor são sempre chias de romance, suspiros e finais felizes. Certo? Bom, nem sempre!
Nesta coleção você vai encontrar cinco histórias surpreendentes que vão fazer você torcer, se emocionar, se apavorar e, principalmente, acreditar que tudo é possível quando se trata de uma paixão.

Minha opinião:

Eu comprei o livro, por que, achei que como em “Formaturas infernais”, seria bacana.
Na verdade, não achei muito interessante não. Não conheço nenhum dos autores que estão neste livro, mas isto nunca foi um impeditivo, pois eu estava curiosa … e quem sabe, encontrasse mais algum autor bacana, com novas opções de leitura.
Dos cinco contos, eu diria que dois eu achei interessantes. Os outros três, muito enrolados, e para mim, sem sentido.
E um caso raríssimo … não vou indicar este livro … nem mesmo por curiosidade, não acho que vale a pena, tem muitos outros livros interessantes para ler … leia somente se  realmente não houver outra opção.

Boa noite !!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Caçadora de Estrelas


Livro:  Caçadora de Estrelas
Autor: Claudia Gray
Gênero: Ficção
Editora: Planeta
304 Páginas
Claudia-Gray-Cacadora-de-Estrelas
 
 Sinopse:

Um novo ano escolar começa e Bianca, ainda confusa sobre quem e o que é, volta a Noite Eterna sem Lucas. Sozinha, se vê diante do desafio de guardar o seu segredo cuidadosamente ao mesmo tempo em que busca uma maneira de reencontrar Lucas.
Quando se prepara para os primeiros dias de aula, Bianca sente que está sendo observada. Sem conseguir identificar quem está de olho nela, se dá conta que pode haver mais mistérios na escola Noite Eterna do que poderia imaginar. Aos poucos. Ela encontra em Balthazar o amigo e confidente de que precisava para enfrentar os duros dias longe de Lucas. Juntos, compartilham segredos e decidem se ajudar.
Determinada a desvendar os mistérios que rondam Noite Eterna, inclusive descobrir por que a escola se dispõe a aceitar alguns alunos humanos e outros não, Bianca logo verá que não é a única a guardar grandes segredos.

Minha opinião:

No primeiro livro, você leva algum tempo para acompanhar o desenvolvimento do enredo, e neste, você começa a e entender Bianca, e todas as dúvidas e medos pelos quais ela passa.
O livro é um pouco menos empolgante que o primeiro, tanto que eu levei algum tempo para ler ele, mas ainda assim é gostoso de ler.
Você começa a perceber também um pouco dos demais personagens, acaba que a curiosidade sempre te leva adiante para saber os próximos acontecimentos.
Com uma reviravolta no final, o livro me deixou ainda mais curiosa para descobrir os próximos acontecimentos … portanto, lá vou eu enfiar a cara para devorar o próximo livro que foi lançado há pouco !

Tenham todos uma boa leitura !

domingo, 29 de janeiro de 2012

As Esganadas

Livro: As Esganadas
Autor: Jô Soares
Gênero: Literatura brasileira
Editora: Companhia das Letras
264 Páginas



Sinopse:

Rio, 1938. Um perigoso assassino está à solta nas ruas. Seu alvo: mulheres jovens, bonitas e ... gordas. Sua arma: irresistíveis doces portugueses. Com requintes de crueldade gastronômica, ele mata sem piedade suas vítimas, e depois expõe seus cadáveres acintosamente, escarnecendo das autoridades.
Em As esganadas, o autor do bestseller O Xangô de Baker Street está de volta ao tema que lhe é caro: assassinatos em série. No enanto, tal como Alfred Hitchcock, que desprezava os romaces policiais cujo objetivo se resume a descobrir que é o criminoso (o famoso "whodunit"), Jô Soares revela logo no início não somente quem é o desalmado, como sua motivação psicológica (melhor dizer psicanalítica) para matar. O delícioso núcleo narrativo está nas tentativas aparvalhadas da polícia de encontrar um criminoso que, além de ser muito esperto e de não despertar suspeita alguma, possui uma rara característica física que dificulta sobremaneira a utilização dos novos "métodos cinetíficos" da polícia carioca.
Para investigar os crimes, o famigerado chefe de polícia Filinto Müller designa um delegado ranzinza, assessorado por um auxiliar obtuso e medroso, e que contará com a inestimável ajuda de um sofisticado e culto ex-inspetor. Na perseguição ao criminoso, os três policiais ganham a desejável companhia de uma jovem linda, destemida, viajada e moderna, que é repórter e fotógrafa da principal revista ilustrada do país.
O leitor também pode se fartar aqui com outra faceta constante da obra literária de Jô Soares: a escolha de um momento do passado para o cenário de sua narrativa, o que lhe permite entrar em detalhes históricos curiosos enquanto desenvolve a trama. Desta vez, voltamos ao Rio de Janeiro do Estado Novo, tendo por pano de fundo mais amplo o avanço do nazismo e as primeiras nuvens ameaçadoras que anunciam a Segunda Guerra Mundial.
Com a verve que lhe é característica, Jô consegue, neste As esganadas, realizar a façanha de narrar uma série de crimes brutais, com requintes inimagináveis de crueldade, e deixar o leitor com um sorriso satisfeito nos lábios.

Minha opinião:

Ora, eu não poderia descrever melhor o livro do que a sinopse já o fez.
Ela traduz exatamente a essência do livro, e posso dizer que, fiquei muito satisfeita de lê-lo.
E vou confessar ... quando passei por ele, na estante da livraria, pensei .... mmmm, acho que não quero ler este livro não. Mas quando o recebi emprestado para ler, fiquei realmente surpresa, pois o Jô Soares conseguiu tecer uma trama intrincada, e nem por isto menos divertida, e muito envolvente.
Mais que isso, não posso escrever, para não estragar a leitura, mas digo que, se você tiver a oportunidade, leia, você vai se surpreender.

Boa leitura!


sábado, 28 de janeiro de 2012

Silêncio

Livro: Silêncio
Série Hush Hush
Autor: Becca Fitzpatrick
Gênero: Sobrenatural / Ficção
Editora: Intrínseca
302 Páginas


“- Minha história é longa, e não há muita coisa boa nela. Não posso apaga-la, mas estou decidido a não errar novamente. Não quando os riscos são tão grandes, não quando envolvem você. Há um objetivo em tudo isso, mas vai levar um tempo. – Dessa vez ele me abraçou e afastou o cabelo do meu rosto, e alguma coisa dentro de mim se desfez ao seu toque. Lágrimas quentes transbordaram de meus olhos. – Se eu perder você, perco tudo.”

Sinopse:
Quando tudo o que resta é o silêncio, pode a verdade finalmente ser ouvida?
Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas – sem que ninguém soubesse onde ou com quem estava -, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe.
Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece quase conversar com ela. Alucinações, visões de anjos alados, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com a sua vida.
A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas... e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso ainda mais, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo.

Minha opinião:
Acho que demorou muito para sair esta continuação ... mas a série continua sendo ótima!
Nora de repente se vê abandonada no cemitério da cidade, sem se lembrar de como foi parar lá. Uma sucessão de coisas estranhas começam a cercá-la, a começar pela amnésia, e a contínua sensação de que todos estão escondendo algo dela.
A narrativa é tão boa, que é possível sentir o desespero e a frustração de Nora, em não conseguir lembrar se dos eventos dos cinco meses anteriores, e perceber que todos a sua volta tem algo a esconder.
Eu poderia escrever bem mais, mas para isto, eu estaria colocando alguns spoilers por aqui, e acho que isto iria estragar um pouco a leitura... então, se a curiosidade bateu, pega o livro e corre sentar na poltrona para ler, por que você não vai parar até chegar ao final.

Boa leitura !

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Ponte em chamas

Originalmente postado em:

Livro:  Ponte em chamas
livro 2  da série Rangers Ordem dos Arqueiros
Autor: John Flanagan
Gênero: Literatura Infanto-juvenil
Editora: Fundamento
224 Páginas
Rangers - volume II

Sinopse:
Nos últimos quinze anos, o temível Morgarath conseguiu reunir um enorme exército de criaturas implacáveis, os Wargals. Eles não temem nenhum inimigo e são controlados mentalmente pelo próprio Morgarath, o Senhor da Chuva e da Noite.
Pego de surpresa, o Reino de Araluen se vê diante de uma guerra. Enviado em uma perigosa missão para impedir o confronto, o jovem arqueiro Will parte acompanhado do grande amigo e espadachim Horace e do habilidoso Gilan. Os três guerreiros contarão também com a inusitada ajuda da misteriosa e bela criada Evanlyn Wheeler. Nessa jornada, Will colocará à prova todos os ensinamentos de coragem e aptidão transmitidos pelo seu mestre, o famoso arqueiro Halt.
Mas o que o jovem não imagina é que ficará frente a frente com o tenebroso Morgarath e que poderá ser o responsável por mudar o rumo da iminente batalha. Será mais um teste de coragem e determinação, em que Will terá de provar seu valor.
Minha opinião:
Cá estou eu, mergulhando em mais uma aventura com Will.
Neste livro, Will, parte para aprimorar seu aprendizado e termina sendo prisioneiro … passando antes pelo papel de herói, sim, tudo visando a proteção de seu povo, e cumprindo sua função como arqueiro.
Will está se desenvolvendo, crescendo e melhorando a cada passo o seu aprendizado com arqueiro.
É legal acompanhar o crescimento deste garoto, que achava que não era nada, e a cada passo, alcança uma nova vitória.
Aventura não falta, e fiquei apavorada por Horace, desafiando Morgarath, e colocando em uso o aprendizado que teve com Gilan.
E sofri com Halt, por se encontrar importente no momento em que ele mais quis alcançar seu aprendiz.
Estou correndo comprar o próximo livro, para saber qual será a nova aventura de todo esse pessoal, por que esta aventura está melhorando a cada novo capítulo.

Bjs e boa leitura !!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Êxtase Mortal


Livro:  Êxtase Mortal
Série Mortal – livro 04
Autor: J.D.Robb (pseudônimo de Nora Roberts)
Gênero: Ficção
Editora: Bertrand Brasil
378 Páginas
Êxtase Mortal

Sinopse:

Eles morreram com um sorriso nos lábios. Aparentemente três suicídios: um brilhante engenheiro, um famoso advogado e um político controverso. Três estranhos que não tinham nada em comum … E nenhum motivo aparente para desejarem a própria morte.
A tenente Eve Dallas, da Polícia de Nova York, vê algo suspeito nas mortes. E seus instintos aguçados se revelam corretos quando as autópsias mostram pequenas queimaduras no interior do cérebro das vítimas. Será apenas uma anomalia genética ou um método altamente avançado de assassinato?
A investigação de Eve a leva ao fascinante mundo dos games de realidade virtual, onde as mesmas técnicas usadas para criar diversão e desafios podem também levar a mente a se transformar na arma de sua própria destruição.

Minha opinião:

Caramba … tô passada por que não aparece nada do casamento da Eve com o Roarke no livro … eu queria tanto saber os detalhes …
O livro começa com Eve e Roarke curtindo o final da lua de mel deles, fora do planeta, no Olympus resort, quando um engenheiro do projeto se suicida e Eve é chamada de volta ao dever.
Entre investigações, pesquisas, depoimentos e novos suicídios, Eve ainda precisa se acostumar ao fato de agora ser casada, e equilibrar mais este fato à sua já tão tumultuada rotina.
Como os volumes anteriores, Nora Roberts consegue manter sua atenção ao livro do início ao fim, e deixar você se questionando se você está na pista certa …
E não posso deixar de mencionar que as tiradas da Eve com a Peabody valem algumas boas risadas também !
É isto.

Bjs e boa noite !!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A Captura


Livro: A lenda dos Guardiões – livro 01 – A captura
Autor: Kathryn Lasky
Gênero: Literatura infanto-juvenil
Editora: Fundamento
184 Páginas
 a-captura
(...) Soren tentou desesperadamente bater as pequenas asas curtas. Inútil! "Estou morto. Uma corujinha morta. Três semanas fora da casca e a minha vida termina!", ele pensou.

Sinopse:

Soren, uma coruja jovem e inteligente, vive na pacífica Floresta de Tyto. Ele nem desconfia que uma grande e inimaginável ameaça vai transformar sua vida para sempre.
Depois de cair do ninho onde mora, Soren é seqüestrado e levado à sinistra Academia S. Aegolius para Corujas Órfãs. Lá, ele e outros filhotes são forçados a trabalhar e ficam expostos à Lua cheia, que os hipnotiza e transforma em seres vazios, sem lembranças de quem eram. Qualquer reação ou pergunta pode resultar em terríveis castigos ou até ser fatal!
Enquanto luta para não perder a identidade, Soren faz uma amiga, Gylfie. Os dois logo descobrem que a única maneira de fugir dali é aprender a voar - voar até Ga Hoole, um reino de bravos guerreiros, os únicos que podem proteger as corujas de tamanho perigo. 
Será que eles vão descobrir a razão dos seqüestros? Ga Hoole existe ou é só uma lenda? Junte-se a Soren e Gylfie e conheça um universo repleto de fantasia, surpresas e ação.

Minha Opinião:

Eu estou bem curiosa para ver o filme agora … pois o que me chamou atenção para os livros, foi justamente o trailer.
Eu sei que não vai ser a mesma coisa, mas ainda assim, tenho esperanças de não sair frustrada do cinema.
Agora, quanto ao livro, gostei realmente do enredo, pois tudo é muito bem descrito e consegue despertar a sua curiosidade em saber mais sobre as corujas, que são os personagens centrais.
Você se sente feliz pelo nascimento de Eglantine, se diverte com a curiosidade natural de Soren e claro, se aborrece com a arrogância de Kludd, e para alguém que tem pavor de cobras como eu, acaba até sendo fácil de gostar da Sra. P, com todo o sue cuidado e gentileza em relação às corujinhas.
E nem tudo é o que parece ser …
Mesmo sendo um livro infanto juvenil, acredito que é uma leitura válida para adultos também, pois a coragem, o amor pela família, e a preocupação com o próximo nos fazem refletir onde estão todos estes valores atualmente e o quanto é difícil superar o medo e fazer o que é certo.

Boa Leitura!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Eu sou número quatro

Livro: Eu sou número quatro
volume 1 da série Os Legados de Lorien
Autor: Pittacus Lore
Gênero: Literatura americana
Editora: Intrínseca
352 Páginas


Sinopse:

Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Conseguimos fazer coisas que vocês apenas sonham fazer. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos do que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos – porém, somos reais.
Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. Vivemos nas sombras, em lugares onde nunca seremos procurados, tentando não ser notados. Vivemos entre vocês sem que vocês saibam.
Mas eles sabem.
O Número Um foi capturado na Malásia.
O Número Dois, na Inglaterra.
E o Número Três, no Quênia.
Todos foram mortos.

Eu sou o Número Quatro.

Eu sou o próximo.

Minha opinião:

Bom, eu li o livro movida pela curiosidade por causa do filme.
E eu gostei.
Ainda não assisiti ao filme, mas este é um mero detalhe. O livro é bom, com uma narrativa ágil, e que te deixa interessado em chegar logo ao final.
John é um garoto supostamente 'normal', mas na realidade ele é um alien, e que quer ter uma vida normal.
Quando chega em Paradise, depois de alguns episódios, acha que finalmente está se ajustando e chegando perto deste sonho, pois conseguiu um amigo e está até namorando, sua vida sofre um revés, indicando a ele, que ele precisa continuar seu estilo de vida nômade e sem laços, para não afetar àqueles que acabou de incluir em seu círculo de queridos.
O final é agitado e o suspense te mantêm grudado até o final do livro, que por sinal, eu achei triste ... resta saber como será a continuação!

Boa leitura !

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Noite Eterna


Livro:  Noite Eterna (Evernight)
Autor: Claudia Gray
Gênero: Literatura norte-americana
Editora: Planeta
304 Páginas
Noite eterna
 
Sinopse:

Bianca estava em seu primeiro dia de aula. Ia começar a estudar na famosa escola Noite Eterna. Uma escola centenária, freqüentada por alunos de famílias tradicionais … Mas nada disso a empolgava. Sua vontade era fugir, escapar daquele ambiente, voltar para sua pequina cidade, onde sempre havia morado.
Biana, então, conhece Lucas Ross, um aluno que também parece encontrar dificuldades em adaptar-se ao mundo de Noite Eterna. A conexão entre os dois cresce a cada dia. Entre o amor e a amizade, eles estão cada vez mais próximos … Até onde isso poderia chegar? O que havia naquela escola que os incomodava tanto?
Entre revelações surpreendentes, grandes reviravoltas e mistérios sobrenaturais, Claudia Grey escreveu um dos livros mais admirados pela nova geração. Você não vai conseguir escapar das garras de Noite Eterna.

Minha opinião:

Eu sabia que conhecia a autora, mas não me lembrava de onde, e de repente, outra personagem do livro também me pareceu familiar … bom, se vocês leram a coletânea de contos “Imortal”, vocês começarão a fazer a ligação.
Coletânea à parte, aí está … mais uma série que vai me deixar maluca de espectativa, esperando o próximo capítulo, para saber o que acontecerá com Bianca e Lucas, e para não fugir da minha predileção, mais uma série de vampiros e humanos fascinados por eles.
Levei algum tempo para começar a compreender o livro, mas também não consegui desgrudar até chegar ao final, e, mesmo sendo mais uma série de vampiros, não lembra em nada nem Crepúsculo, nem Diários do Vampiro, tampouco a série House of Night … portanto, mais livros sobre meu tema predileto, com a vantagem de trazerem outra abordagem.
Portanto: recomento para quem gosta do tema, e para quem queira uma leitura diferente e emocionante.

Boa leitura!

domingo, 22 de janeiro de 2012

Sementes no Gelo

Postagem original em:http://tracasecia.blogspot.com/2010/09/projeto-tracas-ana-indica-sementes-no.html

Livro:  Sementes no Gelo
Autor: André Vianco
Gênero: Romance brasileiro
Editora: Novo Século
176 Páginas
capasementonogelo
Uma história arrepiante, original, assustadora. Você já pensou no que acontece
com as almas de embriões congelados? Aposto que não. André Vianco pensou e
criou uma eletrizante aventura, onde os espíritos dessas crianças congeladas
começam a aparecer para seus pais. Um arrepio atrás do outro.
Sinopse:

Em “Sementes no Gelo” o autor se envereda pelo campo dos fantasmas, de espíritos atormentados. O idéia central do livro nasceu enquanto Vianco assistia ao Jornal Nacional. Willian Bonner falava sobre o problema mundial gerado pela técnica de fertilização artificial de mulheres. Para que o casal com problemas em gerar uma nova vida pudessem realizar o sonho de conceber um filho, muitas vezes muitos óvulos são utilizados gerando sementes viáveis para serem inseridas no útero materno. O que acontece com os embriões viáveis congelados? A matéria destacava que em todo o mundo é proibido o descarte dos embriões, gerando um aumento explosivo desses serezinhos em laboratórios de implante artificial. Já o escritor André Vianco deixou a imaginação voar e criou o que chama de um novo “mito”, um novo personagem para o folclore mundial. E se esses embriões já possuírem alma, espírito? O livro “Sementes no Gelo” leva o leitor a um mundo onde as assombrações não são tão inocentes quanto parecem.
Minha opinião:
Gente, que medo !!!!!   As situações são descritas de uma forma que é possível visualizar os acontecimentos … sinistro!
O que torna tudo mais próximo é que as narrativas são ambientadas aqui, no Brasil, e deixa aquela sensação de “será que isso acontece mesmo” ?
Arrepiante mesmo … mas como você fica envolvido com o livro, vai ir até o fim para descobrir o desfecho !
E o que não deixa nada a dever aos outros livros do André Vianco.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Eu sou Ozzy

Livro: Eu sou Ozzy 
Autor: Ozzy Osbourne
Gênero: Literatura estrangeira / Biografias e Memórias
Editora: Benvirá
416 Páginas
Meu pai sempre disse que eu iria fazer algo importante algum dia.
“Sinto isso, John Osbourne”, ele me dizia, depois de algumas cervejas.
“Ou você vai fazer algo muito especial, ou vai acabar na cadeia.”
E ele estava certo, meu velho pai.
Fui parar na cadeia antes de completar dezoito anos.

Sinopse:

Conhecer em detalhes a vida do Sr. John Michael Osbourne é adentrar também na história, desde seus primórdios, de um dos segmentos musicais mais amados dentro do rock’n’roll: o heavy metal. Ao lado de seus companheiros do Black Sabbath, Ozzy deu um significado único à música pesada, que teve continuidade mesmo depois do seu desligamento da banda, numa carreira solo brilhante e milionária com passagens que vão desde seus momentos de insanidade até aqueles que o retratam como um dedicado pai de família. Eu sou Ozzy é um registro completo que mostra que nem tudo na vida de Ozzy foi loucura.
Leia com o volume no máximo!

Minha opinião:

Nossa!
Vamos esclarecer antes de tudo, não sou fã de heavy metal. O máximo que chego perto, é gostar um pouco de Metállica e Aerosmith. Assim tá bom para mim.
Ah, e também nunca cheguei a ouvir Black Sabbat, ou o próprio Ozzy.
Aí vocês se perguntam ... “Tá, a pessoa não gosta de rock pesado, e nunca ouviu Black Sabbath e Ozzy, por que então vai ler o livro do Ozzy ?!? ...”

Pois é ... eu li, por que me indicaram o livro. Aliás, foram duas indicações, e duas indicações, dizendo que o livro era bom!

Aí, a curiosidade me mordeu, e foi inevitável... lá fui eu atrás do livro!

E vou dizer o seguinte:
Primeiro, eu não indicaria a leitura para os jovens ... tem muita loucura, e eles podem achar que podem sair fazendo o mesmo, e o resultado não seria bom.
Segundo, tirando o fato acima, para quem teve a sua juventude na mesma época ... eu provavelmente indicaria o livro sim, por que, facilitaria identificar  e fazer as correlações com os eventos do livro.
E que realmente quiser se acabar de rir, literalmente, eu digo: Leia!
O fato de eu ter achado o livro divertido, não quer dizer que eu concorde com tudo o que ele fez na vida dele, tampouco com as atitudes dele, mas que ele já fez muita porcaria na vida dele, ah isso ele fez!  E soube aproveitar tudo isto, tirar uma lição de vida e o principal, rir de si mesmo.
Como ele sobreviveu a todas as loucuras que ele mesmo cometeu na vida, só Deus sabe, mas no final, posso dizer que ele tem uma senhora reputação, se deu bem na vida e o principal, conseguiu manter a sua família, o que vale muito.


Ozzy Osbourne pode não ser um exemplo de a ser seguido (definitivamente!), mas ele é um ser humano como qualquer um de nós, com seus vários defeitos, problemas, manias e maluquices, mas que procurou superar as dificuldades, e batalhou por aquilo que quis.
Em tempo, ele trabalhou por aquilo tudo que alcançou, mas muito disto também se deve ao fato de que, Sharon, a esposa dele, batalhou mais ainda, e em nenhum momento desistiu dele, mesmo nas piores situações.
E sabe por que mais vale a pena ler o livro? Para rir mais um pouco, das fotos malucas que tem no meio do livro ... affff ... o cara é doido ... a começar pelos cortes de cabelo malucos que ele já usou durante a vida ...pelamor!  Maluco total!

Então, quer rir muito? Pode ler ... vai ajudar a desopilar o fígado!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Ruínas de Gorlan


Livro:  Ruínas de Gorlan
livro 1 da série Rangers Ordem dos Arqueiros
Autor: John Flanagan 
Gênero: Literatura Infanto-juvenil
Editora: Fundamento
239 Páginas
Rangers - volume I
Sinopse:
Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra.
A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e … um pequeno pônei muito teimoso.
Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.

Minha opinião:
Bom, mesmo sendo uma série infanto juvenil, acho que vale para os adultos também, pois mostra que nem sempre podemos ter aquilo que desejamos, mas podemos encontrar nosso caminho naquilo que nos foi proporcionado pelo destino.
Ou seja, Will não foi aceito pela Escola de Guerra, mas escolhido por Halt, o arqueiro, o que se mostrou uma escolha acertada, no decorrer do livro.
O livro todo é dinâmico e divertido, sem sonegar bons momentos de tensão, suspense e aventura.
Gostei muito e estou curiosa com as seqüências !!

À todos uma boa leitura !!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Eternidade Mortal


Livro:  Eternidade Mortal
Série Mortal – livro 03
Autor: J.D.Robb (pseudônimo de Nora Roberts)
Gênero: Ficção
Editora: Bertrand Brasil
386 Páginas
Eternidade Mortal
A autora manteve a explosiva combinação de suspense e romance para criar um mistério ambientado nos bastidores do universo da moda. Para além das passarelas e da sedutora fachada de glamour, a investigadora Eve Dallas descobre um submundo repleto de degradação que põe em risco sua profissão e sua própria vida.

Sinopse:
Ela era uma das mulheres mais desejadas do mundo. Uma top model que não se abatia diante de nada para alcançar um objetivo – mesmo que fosse o homem de outra mulher. E agora ela estava morta, vítima de um brutal assassinato. A tenente Eve Dallas arrisca a própria carreira para poder averiguar um caso em que a principal suspeita é a sua melhor amiga, a outra mulher do triangulo amoroso fatal. Por trás da fachada de glamour, Eve descobre que o mundo da alta moda floresce em meio a obsessão implacável pela busca da juventude eterna e da fama. Uma busca que vai das passarelas ao sombrio submundo de Nova York, onde uma nova e fascinante droga pode ser encontrada, a fim de satisfazer qualquer desejo … mas há sempre um preço …

Minha opinião:
Neste livro, a frase de abertura é: “Preparar-se para o próprio casamento era algo de matar!”. A tenente Dallas nem sabe o quanto.
De repente, Eve se viu aceitando o pedido de casamento de Roarke, mas ainda assim, com medo de falhar … e falhas é uma coisa que a tenente não admite.
Roarke, por seu lado, faz de tudo para provar a Eve seu amor, e ganhar a confiança da tenente não é algo fácil, e que mesmo nos momento bons, o deixa balançado de preocupação, algo que ele também não admitiria, não fosse o alvo de sua preocupação, se tornado tão importante em sua vida.
A tenente Dallas tem mais um desafio pela frente … provar que a sua melhor amiga não é uma assassina. E ela enfrenta esta batalha com unhas e dentes, pois Mavis é o mais próximo do significado de família que a tenente teve em sua sacrificada e solitária vida até então.
Aqui entra em cena Leonardo, o pivô da disputa entre Mavis e Pandora, e começa toda  loucura do enredo. E entre interrogatórios, investigações e relatórios, a tenente Dallas precisa encaixar toda uma agenda de preparação para o seu iminente casamento, que literalmente leva os noivos a loucura, e não deixa sequer a sua despedida de solteira passar incólume.
Entre Desfiles de alta costura, drogas, um informante assassinado, e um policial desencaminhado, Eve consegue novamente chegar ao desfecho de mais uma trama.
Extremamente bem escrita, em nenhum momento eu cheguei a imaginar o desfecho que a narrativa teria … só mesmo nas páginas finais. E olha que deu vontade de ir correndo para as últimas páginas para tentar descobrir que era o assassino … mas eu aguentei firme e mergulhei na leitura para chegar o quanto antes ao fim do livro.
Novamente, leitura indicadíssima !

Boa noite.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Cabeça de Vento


Livro:  Cabeça de Vento
Autor: Meg Cabot
Gênero: Literatura Infanto-juvenil
Editora: Galera Record
320 Páginas
CABECA_DE_VENTO
Sinopse:
EM SE FOI.
Emerson Watts não queria ir à inauguração da Stark Megastore no SoHo, mas alguém precisava tomar conta de sua irmã caçula, que está loucamente apaixonada por um astro pop britânico que daria autógrafos por lá. Além dele, uma outra pessoa muito famosa também marcaria presença … Nikki Howard, supermodelo internacional, sensação adolescente e rosto dos produtos Stark. Isso, é claro, é a receita para um desastre.
Com os belos e famosos, uma multidão apareceu para conferir a inauguração – e, em meio a pessoas comuns, alguns manifestantes resolveram demonstrar o quanto são contra o monopólio da Stark, que está acabando com o comércio de rua em toda a cidade. No meio da confusão está Emerson Watts, nerd extraordinaire.
Como ela poderia saber que esse momento mudaria toda a sua vida para sempre? Depois de um acidente terrível, Em – que já não era nenhuma rainha do baile – não é mais a mesma. Literalmente. Agora, fazer seu melhor amigo e paixão secreta notá-la como mais que amiga é o menor de seus problemas!
Mas o que Em se recusa a aceitar pode acabar se tornando exatamente a mesma coisa que fará seus sonhos virarem realidade …
NIKKI CHEGOU PARA FICAR.
Minha opinião:
Meg Cabot. Só isto já vale muito.
Para mim, bem diferente da série diários da princesa (AMO !) mas tão hilariante quanto tamanho 42/44 não é gorda …
Diferente.
No começo, fiquei um tanto ressabiada, mas as reviravoltas são tantas, que é impossível deixar de lado o livro até a última página … e agora eu quero uma continuação … será que vai haver uma série? Eu adoraria !
Não vou contar sobre o enredo, para não perder a graça … leiam, vocês vão se divertir.

Bjs e boa noite.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Negócio de risco

Livro:  Negócio de Risco
Autor: Nora Roberts
Gênero: Romance
Editora: Harlequin Books
252 Páginas

Sinopse:
Liz Palmer era a perfeita combinação entre inocência e mistério. E também a principal pista para o advogado Jonas Sharpe encontrar o assassino de Jerry, seu irmão gêmeo. Ele havia trabalhado para Liz como instrutor de mergulho durante o curto tempo que passara na ilha de Cozumel. Agora, Jonas desconfia que Liz esteja envolvida com a morte de Jerry, e sua única arma para descobrir a verdade é a sedução.

Minha opinião:
Quer de distrair de alguns livros de enredo sobrenatural? Leia este romance ! … tem um bocado de suspense, ação e claro, romance.
E o melhor de tudo, o livro é tão bom, que em uma sentada de final de tarde você lê ele !
A narrativa? Bom, é assim: aparece um homem morto, durante um passeio de escuna, e a dona do barco de passeio reconhece ele … aí é aquela confusão de querer saber o que foi que houve, quem quando e porquê … Aparece o irmão gêmeo, advogado, bonitão e bem sucedido e  querendo saber da verdade, que parte pra cima da mocinha, fica na cola dela … e entre investigações, perguntas demais e ameaças de morte os dois se apaixonam e todos vivem felizes para sempre.
Parece coisa de romance tradicional, mas quer saber? Dá para se distrair por algumas horas e ficar satisfeita no final do livro.

Boa leitura!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Fallen Angels – Desejo

Livro: Fallen Angels – Desejo
Autor: J.R. Ward
Gênero: Ficção
Editora: Universo dos Livros
432 Páginas

Sete pecados capitais.
Sete almas afetadas por esses pecados.
Sete pessoas em uma encruzilhada, com uma escolha que deve ser feita.
E somente um homem para salvá-las metade anjo, metade demônio.

Sinopse:

Isaac Rothe é um assassino, desertor do exército e, por isso, manter-se nas sombras é a única maneira de sobreviver.
Fugindo de seu antigo chefe ele é preso e seu futuro fica nas mãos da bela defensora pública, Grier Childe. A forte atração que existe entre eles pode ser fatal.
Continuando a sua missão, Jim Heron deve salvar a alma desse soldado. E, ainda, enfrentar um jogo sexual perverso com o demônio Devina.
O desejo dela por Jim levará ambos a um caminho sem volta, onde somente um deles poderá retornar de maneira vitoriosa.
Isaac deve decidir se o soldado que existe nele é capaz de acreditar que o amor é a melhor arma para vencer esta batalha e livrar-se de seu passado sombrio. Desejo e sedução são ingredientes dessa história.

Minha opinião:

Jim Heron continua sendo o cara !
Desta vez, o alvo a ser salvo por Jim é o seu ex-colega de combate, Isaac Rothe, que está com seus dias contados.
E no meio do caminho, Jim se vê à mercê do demônio Devina, e precisa suportar uma noite torturante para ajudar a salvar Isaac.
Este livro é tão empolgante quanto o primeiro, com ação, suspense e situações surreais, mas que prendem a atenção do início ao fim, da mesma forma que o anterior.
Se você gostou do primeiro livro, com certeza vai gostar deste também !!

Boa leitura !!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Fallen Angels – Cobiça

Livro: Fallen Angels – Cobiça
Autor: J.R. Ward
Gênero: Ficção
Editora: Universo dos Livros
496 Páginas
Sete pecados capitais. Sete almas condenadas por eles.
Sete pessoas em uma encruzilhada, com uma escolha que deve ser feita.
E somente um homem para salvá-las metade anjo, metade demônio.
Sinopse:

Redenção não é uma palavra que Jim Heron conheça muito bem. Sua especialidade é a vingança e o pecado é seu amigo mais próximo. Mas tudo muda quando ele se torna um Anjo Caído e é encarregado de salvar a alma de sete pessoas de sete pecados mortais.
E o fracasso não é permitido.
Vin diPietro há muito tempo vendeu sua alma para os negócios, e é o melhor em sua profissão – até que o destino interfere na figura de um durão que pilota uma moto Harley e se auto proclama seu salvador. Então conhece uma mulher com os olhos azuis e um passado sombrio que o faz questionar seu destino, sua prudência e seus sentimentos. Com um antigo demônio pronto para possuí-lo, Vin tem que se unir ao Anjo Caído não apenas para conquistar sua amada … mas, também, para redimir sua alma.

Minha opinião:

Jim Heron é o cara ! Mesmo quando ele quer passar o título adiante.
E ele foi recrutado para salvar o mundo e equilibrar a balança entre o bem e o mal … e fazer o time do bem sair vitorioso. E não há opção de derrota. É a vitória, ou o caos dominará o mundo.
Neste primeiro livro da série, Jim precisa ajudar Vin diPietro, um empresário que há muito perdeu os escrúpulos e passou a querer apenas o melhor .
É uma batalha difícil, até por que, a ajuda que ele tem é pouca, e Jim ainda não sabe exatamente contra quem ele precisa lutar … e os demônios farão de tudo para que Jim não vença desta batalha, e não consiga salvar Vin.
O livro é empolgante, tem ação, suspense e situações surreais, mas que prendem a atenção do início ao fim.
Para que se interessa nesta linha de leitura, indico a série, que me empolgou bastante.

Boa leitura !!

Gloria Mortal


Livro:  Gloria Mortal
Série Mortal – livro 02
Autor: J.D.Robb (pseudônimo de Nora Roberts)
Gênero: Ficção
Editora: Bertrand Brasil
364 Páginas
Gloria Mortal
Glória Mortal é o segundo livro da série. Eve e Roarke se apaixonaram com a suavidade de dois relâmpagos que explodem ao mesmo tempo. Agora, embora muito envolvida emocionalmente com Roarke, Eve está tendo problemas para aceitar seus sentimentos por aquele homem fantástico que, por incrível que pareça, também parece amá-la. Enquanto luta contra seus sentimentos, o dever a chama. Quando a poderosa promotora Cicely Towers é encontrada com a garganta cortada, e a popular atriz de TV Yvonne Metcalf aparece também morta do mesmo jeito alguns dias depois, Eve começa a pesquisar as possíveis ligações entre os dois violentos assassinatos.
Sinopse:
A primeira vítima foi encontrada caída na calçada, na chuva. A segunda foi morta no próprio prédio onde morava. A tenente Eve Dallas, da Polícia de Nova York, não teve dificuldades para encontrar conexões entre os dois crimes. As duas vítimas eram mulheres lindas e muito bem sucedidas. Suas vidas glamourosas e seus casos amorosos eram assunto na cidade, assim como suas relações amorosas com homens poderosos e riquíssimos.
Esses fatos fornecem a Eve uma enorme lista de suspeitos, incluindo seu próprio amante, Roarke. Como mulher, Eve estava propensa a confira no homem com quem dividia a cama. Como policial, porém, sua tarefa era seguir cada pista … Explorar cada paixão secreta, não importando quanto fossem sombrias. Ou perigosas.
Minha opinião:
O livro começa com a seguinte frase: “Os mortos eram o seu negócio”. E isto expressa literalmente o que a tenente Dallas faz. E bem.
Ainda estou desvendando a personalidade da personagem principal, a tenente Eve Dallas, mas pelo primeiro livro já pude perceber que ela é dedicada, tenaz, e extremamente inteligente. Além de muito, mas muito criteriosa. Ela não admite meias respostas, e assim como ela se dedica de corpo e alma à solução do crime, espera o mesmo de todos envolvidos em qualquer nível dos casos que ela atende.
Neste livro temos um envolvimento maior de Eve e Roarke. Temos duas cenas bem marcantes no relacionamento deles. A primeira é quando ela recebe um colar com um pingente de diamante em forma de lágrima  e quase tem um “troço” … no livro a descrição é que ela ficou em choque e pânico. E a segunda é, quando ela, mesmo lutando contra o que sente por ele, finalmente admite seu amor por ele. E é deveras emocionante, e da forma como a escritora descreve, é possível você visualizar a cena … é incrível. Além e claro do final do livro, que é marcante … e te faz sair correndo para ler o próximo livro.
Além disto, aqui entra em cena, a futura auxiliar da tenente Dallas, a policial Peabody, mas não vou entrar em muitos detalhes, para não perder a diversão. Aparecem também  novamente o capitão Feeney, a Dra. Mira, Mavis, e Nadine, que começa a estreitar relações com a tenente e vai passar por um sufoco neste livro.
E claro que o assassino só aparece nas últimas páginas … e mesmo não tendo desconfiado, depois de desvendado, ficou bem óbvio. Mas é sempre assim.
A trama é fascinante, e como o primeiro livro da série, prende a atenção da primeira à última página. Acho que vocês vão enjoar de tanto eu repetir isto …
Leitura indicadíssima para quem gosta de um bom romance policial.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

3 dicas para incentivar jovens a lerem os clássicos


Olá pessoas queridas !!!

Estou passando por aqui hoje para compartilhar uma matéria interessante que li no site Educar para crescer.

A íntegra da matéria está AQUI. E abaixo alguns trechos da matéria:

3 dicas para incentivar jovens a lerem os clássicos

Não adianta: para eles, há os livros "legais" e os livros "chatos", sendo estes últimos aqueles exigidos pelos professores. Ler com interesse e até compulsão, só os best-sellers, como os da série Harry Potter e Crepúsculo.

Mas ler é sempre bom, certo?
Sim, como afirma a professora Wilma Maria Sampaio Lima, supervisora do 3º ao 7º ano do Colégio Rio Branco, de São Paulo: "Pela leitura, o homem conversa com o homem".
No entanto, ler apenas narrativas superficiais e limitadas do ponto de vista linguístico pode ser pouco enriquecedor para a formação dos jovens. Isso não significa, porém, que pais e professores devam combater os best-sellers, pelo contrário.
"Quem se coloca contra uma leitura querida pelos jovens pode perder a oportunidade de lhes mostrar outras leituras mais interessantes do ponto de vista estético", alerta a professora Juliana Loyola, do curso de Letras e da pós-graduação em Literatura e Crítica Literária da PUC-SP.
"Nem que seja pelo valor mercadológico, já vale a pena. Esses livros dialogam com o jovem, ou porque mimetizam a velocidade da TV e da tela de cinema, ou porque abordam temas do universo dele. O problema é quando o leitor só tem contato com esse tipo de livro", completa.

Diante desse quadro, pais e professores podem seguir dois caminhos: incentivar jovens leitores a se interessarem também por uma literatura mais consistente e, ao mesmo tempo, aproveitar a leitura deles de best-sellers para abordar temas em casa e na escola.

No site você poderá ver as dicas de como estimular o jovem expandir sua experiência literária.

Posso dizer por mim que, sem o incentivo por parte dos meus pais e familiares, eu não teria adquirido este saudável hábito.
Se for necessário que eu opte entre passar algum tempo lendo, ou assistindo à TV, certamente os livros sairão ganhando, pois não há nenhum programa na TV atualmente que me faça deixar de lado a leitura.
Gostei bastante do tópico abordado, acho muito válida a discução e apoio a todas as iniciativas de incentivo à leitura!

Vamos ler mais, nos informar mais, melhorar a cultura do nosso país, e quem sabe assim, melhorar as condições para todos, e não apenas para alguns pouco privilegiados.

Que tal?
Bora ler um pouquinho?

Uma ótima semana a todos !!!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Escuridão

Livro:  Escuridão
Autor: Elena P. Melodia
Gênero: Ficção
Editora: Suma de letras
332 Páginas
ESCURIDAO__1282324952P
Sinopse:
Alma tem 17 anos, e nada em sua vida difere das meninas de sua idade: escola, programas com seu grupo de amigas, tédio e impaciência na relação com a família. Até o dia em que vê um caderno roxo numa vitrine e, por puro impulso, o compra.
A partir daí, acontecimentos horripilantes começam a se suceder. Todos descritos em detalhes nas páginas do caderno...antes de acontecerem. Com a letra dela. Que não se lembra de ter escrito nada.
Quem é Alma, na verdade? Quem é Morgan, seu misterioso amigo de escola, que parece ter respostas para o que está acontecendo? E como impedir que as forças do mal se aproximem dela e de quem ela ama?
Minha opinião:
O começo foi um pouco difícil, mas logo tomei gosto pela narrativa e claro, não parei até a última página!
Na verdade, o livro é quase um suspense, por que tem umas passagens bem assustadoras … nada de terror, mas que são de levar alguns sustos ah isso são!
Alma é uma adolescente que, depois de um acidente, onde apenas ela sobreviveu e saiu ilesa, se vê com um dom … que é disparado pela compra impulsiva de um caderno roxo. Até aí tudo certo, afinal, menina, adolescente e cores vivas … tudo certo até aí. Mas de repente, do nada, ela começa a ver que, os contos que aparecem escritos no seu caderno roxo se tornam realidade … isso sim é assustador, e, fora isso, alguns acontecimentos estranhos na escola, com o círculo de amigas e até mesmo na família, começam a deixar Alma mais preocupada ainda … e ela não pode confiar em ninguém para contar sobre o seu dom … ou seja, muito suspense pela frente !
Agora chega de contar tudo sobre o livro, leiam ele, vale a pena!
E agora, vou torcer para que saia logo a continuação … quero muito saber o que acontece na continuação … por que o final ficou em suspenso !!  
Aaaaaaaaahhhhhhhhh !  Detesto esperar !
Bjs e boa leitura.

domingo, 8 de janeiro de 2012

O ano dos desparecimentos

Livro: O ano dos desparecimentos
Autor: Susan Hubbard
Gênero: Ficção norte-americana
Editora: Novo Século
264 Páginas
 o ano
Sinopse:
Ariella Montero não é uma pessoa que pode negar o lado negro da vida. Metade-humana, metade-vampira, passou seus primeiros treze anos no exílio de ambas as sociedades. Quando sua melhor amiga foi assassinada, Ari fugiu para a Flórida a fim de começar uma nova vida. Mas, uma por uma, as pessoas e coisas com que ela mais se preocupa começam a desaparecer. E Ari pode ser a próxima.
Ela pode hipnotizar, ler mentes e tornar-se invisível. Na luta entre os princípios dos vampiros e as culturas humanas, Ari se depara com os zumbis que estão se infiltrando na América, bem como com os demônios e as sombras que perseguem a todos nós.
Minha opinião:
Bom, não sei ainda se realmente posso dizer que tenho uma opinião formada a respeito deste livro … eu me senti da mesma forma como quando comecei a ler os livros da serie True blood … onde eu comecei lendo o segundo livro. Ou seja, a impressão que tenho é perdi alguma coisa, que há um início onde algumas coisas são explicadas (melhor) e que o final induz a pensar que há uma continuação.
Em todo o enredo, há sempre alguma coisas a serem subentendidas … e eu acho que, ou eu fui muito devagar, ou eu realmente não captei a essência do livro. Continuo achando que falta algo.
Não posso dizer realmente que GOSTEI do livro. Achei interessante, e o livro, apesar de tudo, conseguiu me prender a atenção até o final, e eu li ele razoavelmente rápido.
Então, fica a critério de vocês … o que posso dizer é que é uma leitura interessante.
Boa Leitura !

sábado, 7 de janeiro de 2012

O símbolo perdido


Livro:  O símbolo perdido
Autor: Dan Brown
Gênero: Ficção – Sinais e símbolos
Editora: Sextante
512 páginas
o-simbolo-perdido
Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus profundos conhecimentos de simbologia e sua brilhante habilidade para solucionar problemas.

Sinopse:
O que está perdido …
… será encontrado.
Concebida e projetada por grandes mestres maçons – George Washington, Benjamin Franklin e Pierre L’Enfant –, a capital dos Estados Unidos, assim como Roma, está crivada de passagens secretas e túneis subterrâneos. Sua arquitetura, sua arte e seu simbolismo estão entre os mais interessantes do mundo. Porém há quem acredite que a cidade guarda algo mais …
Atraído para Washington sob o pretexto de dar uma palestra para um seleto grupo de convidados do instituto Smithsonian, o famoso simbologista Robert Langdon se vê novamente desafiado a desvendar um mistério secular.
Ao chegar ao Capitólio, local do suposto evento, Langdon descobre que seu amigo Peter Solomon, maçom do mais alto grau está desaparecido. De repente, um grito chama a atenção para um sinistro objeto deixado no chão, no centro da Rotunda: a mão direita de Peter, cortada, reproduzindo um antigo convite para a iniciação no conhecimento secreto de todos os tempos.
Para salvar Solomon, Langdon não tem alternativa a não ser atender às exigências de seu sequestrador, Mal’akh, um homem extremamente forte, ambicioso, inteligente … e tatuado da cabeça aos pés. Ele afirma que Robert é a única pessoa no mundo capaz de destrancar um portal místico que lhe daria acesso irrestrito aos Antigos Mistérios.
Em sua corrida contra o tempo, Langdon vai contar com a ajuda de Katherine, irmã de Peter e renomada pesquisadora que acredita na relação entre misticismo e ciência moderna. Juntos, eles percorrerão os principais pontos da cidade e suas galerias subterrâneas, decifrando símbolos maçônicos e encontrando pistas disfarçadas à vista de todos na arquitetura de Washington.
Minha opinião:
Bom, para quem leu o Código Da Vinci, e Anjos e Demônios, acho que o livro perdeu um pouco daquela magia dos primeiros … não sei exatamente em que trecho, mas é no começo do livro que falta algo que prenda totalmente a atenção.
O livro é muito bom, não me entendam mal, o livro é bem escrito, e chama a atenção, principalmete por causa de todo o misticismo envolvido, por conta da maçonaria.
E aqui um parênteses: Convenhamos que DB conseguiu um bom chamariz, usando agora a maçonaria como tema do livro, afinal, este é um assunto que sempre (ao menos para mim) pareceu envolto em muito misticismo, como qualquer coisa que deve ser guardada em segredo.
Me diga que não é difícil guardar um segredo que você quer muito que todos saibam, mas ao mesmo tempo ninguém pode saber …
Portanto, como nas aventuras anteriores do personagem principal, o professor Robert Langdon, não faltou emoção, apreensão, momentos de muita tensão e ação, muita ação.
É claro que me vi apavorada em alguns momentos do livro, e espero jamais em minha vida me deparar com uma pessoa tão medonha quanto Mal’akh, mas também me vi correndo com Langdon e Katherine tentando entender como decifrar o segredo da pirâmide.
É o tipo de livro que te leva a questionar muitas coisas que você conhece como certos em sua vida (eu fiz isto em todos os três livros – CDV / A&D / OSP) e te dá vontade de grudar no Google e ver se realmente é tudo real ou apenas a ficção do livro … e eu garanto que fiz isto em algumas situações … só para conferir, e continuo na dúvida …
Posso dizer que o livro não decepciona nos quesitos suspense e ansiedade !
Portanto, só posso desejar uma boa leitura para quem quiser mergulhar e tentar decifrar mais este enigma junto com Langdom e Katherine !

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Obsessão

Livro: Obsessão
Autor: Tara Moss
Gênero: Ficção
Editora: Fundamento
304 PáginasOBSESS~1
Sinopse:
Mais um thriller da autora chamada de "a nova Agatha Christie" pela crítica internacional, sucesso de vendas em 14 países.
Ela é linda, modelo internacional, estudante de Psicologia Forense. E tem um passado que prefere deixar para trás.
Makedde Vanderwall sobreviveu ao ataque de um diabólico serial killer na Austrália e está de volta ao Canadá, sua terra natal.
Os únicos desejos de Mak são voltar à sua rotina e esquecer para sempre o que houve. No entanto, as lembranças surgem a todo instante. Além de sonhos terríveis e freqüentes com o incidente na Austrália, algo mais perturbador acontece: Andy Flynn, o charmoso e complicado detetive australiano que salvou a vida dela vai ao Canadá participar de um evento sobre criminologia. E não é apenas a presença irresistível do policial que traz recordações a Makedde. O desaparecimento de três alunas faz com que a universidade onde ela estuda seja tomada por um clima de preocupação, que se transforma em pânico quando se descobre que as jovens foram assassinadas por um psicopata. Pior - a linda modelo nem imagina que um fato surpreendente a liga ao maníaco, o que a põe em perigo novamente. Mak vai ser obrigada a enfrentar seus medos da maneira mais cruel possível: revivendo seu maior trauma e lutando para sobreviver. Será que ela vai escapar da morte pela segunda vez?
Descubra Obsessão, uma história cheia de ação, suspense e adrenalina que vai seduzir você.
Minha Opinião:
Vamos combinar o seguinte, Agatha Christie É Agatha Christie. E ponto.
Esta nova escritora pode ser muito boa, aliás, pode ser não, ela é muito boa, mas não vamos comparar com a Agatha Christie, por favor. Cada um no seu quadrado, ou melhor, no seu enredo.
Isto esclarecido, vamos ao que interessa.
O livro é bom. Aliás, bom não, muito bom. Eu grudei no livro. Traduzindo: terminei em dois dias (por favor, eu trabalho, sim!? então, tenham consideração …).
A Mak é extremamente envolvente. E não por ser uma personagem bonita, modelo e etc. e tal. Ela é uma personagem íntegra, que ama muito o pai, tem suas desavenças com a irmã e preza seus amigos, e claro, está a procura do amor, mesmo que ela negue veemente esta opção.
Ela passou por momentos difíceis, como o livro dá a entender, nas mão de um serial killer, e como ela mesma diz, ela tem um imã para serial killers.  E tenta superar isto com bravura, depois de aceitar que precisa de ajuda. E além disto, está tentando se decidir, se aceita as atenções de um novo personagem em sua vida, ou se acerta suas pendências com um amor antigo que reaparece de surpresa em sua vida.
E tudo isto intercalado com os momentos terríveis que dias outras vítimas passam nas mãos do serial killer do livro.
É apavorante, mas ao mesmo tempo fascinante. E posso dizer que, eu não achei a narrativa da Tara Moss nem um pouco parecida com a Agatha Christie. Ela é mais dinâmica, mas nem por isto deixa de ter qualidade na narrativa.
Para quem gosta de um bom mistério, fica a dica. Leia, vai valer a pena.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Nudez Mortal


Livro:  Nudez Mortal 
Série Mortal – livro 01
Autor: J.D.Robb (pseudônimo de Nora Roberts)
Gênero: Ficção
Editora: Bertrand Brasil
350 Páginas
Nudez Mortal
Estamos no ano 2058; a tecnologia governa o mundo por completo.
Eve Dallas é uma detetive da Polícia de Nova York que tem que lidar com um caso que cheira a escândalo: a neta de um senador é assassinada, e a vida secreta de prostituição que a vítima levava é revelada.
O caso, de alta repercussão, leva a tenente Eve Dallas aos fechados círculos da política e da sociedade de Washington.
Sinopse:
Eve Dallas é tenente da Polícia de Nova York e está caçando um assassino cruel. Em mais de dez anos na força policial ela já viu de tudo e sabe que a própria sobrevivência depende de seus instintos.
Eve avança contra todos os avisos que lhe dão para não se envolver com Roarke, bilionário irlandês, o principal suspeito de um dos casos de assassinato que ela está investigando.
A paixão e a sedução, porém, possuem regras próprias, e depende de Eve assumir um risco nos braços de um homem sobre o qual ela nada sabe, a não ser a necessidade de sentir o toque dele, que se transformou em um vício para ela.
Minha opinião:
Puxa vida. Eu adoro os livros de romance da Nora Roberts. Ela tem uma narrativa envolvente, que te faz acompanhar os personagens e sentir como se você fizesse parte ali do que está acontecendo.
E não foi diferente com este primeiro livro da série Mortal.
Não vou dissecar agora os principais personagens da série, vou deixar para fazer isto mais para frente, quando estiver mais entrosada com a personalidade de cada um deles (ou quem sabe depois que eu devorar todos os livros da série que já foram traduzidos …).
Apenas vou dizer que, quem é fã de um bom mistério, com grandes acréscimos de suspense,  mais boas doses de humor (as vezes um pouco sutil, ou então bem sarcástico) e algumas pitadas de romance (não poderia ficar de fora né !) tornam este primeiro livro simplesmente impossível de largar. Entenda se por isto que, eu li (todas as linha, ok!) em um dia.
Sou super fã (amo!) de CSI (Las Vegas, Miami e New York !!), Without a trace, NCIS, Bones, Law & Order e por aí a fora, e continuo nas leitura de seres sobrenaturais, mas por ora, esta série conseguiu minha total e completa atenção. Portanto, vocês verão a partir de agora, as minhas resenhas desta serie com alguma frequência, mas é claro que vou dar um jeito de colocar alguma outra coisa no meio … só para atiçar um pouco a curiosidade de vocês …  ;D
E para quem se animar, a série já tem 40 livros lançados lá fora, e com mais 2 saindo, e aqui no Brasil temos (se não estou enganada…) 15 livros lançados.
Gostou? Corre lá para ler … uma vez que você pegar o livro, você não vai conseguir larga mais a série !!

Boa leitura !!

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O trono de fogo

Livro:  O trono de fogo
As crônicas dos Kane - livro 2
Autor: Rick Riordan
Gênero: Ficção
Editora: Intrínseca
400 Páginas


Sinopse:
Os deuses do Egito Antigo foram libertados no mundo atual, e desde então Carter Kane e sua irmã, Sadie, vivem mergulhados em problemas incomuns à maioria dos mortais. Descendentes da casa da Vida, ordem secreta que remonta à época dos faraós, os dois têm poderes especiais, mas ainda não os dominam por completo - refugiados na Casa do Brooklin, que se tornou um local de aprendizado para novos magos, eles correm cotnra o tempo.
Seu inimigo mais ameaçador, Apófis, a serpente do caos, está se erguendo. Se eles não conseguirem impedi-lo, em poucos dias o mundo encontrará um final trágico.
Para que tenham alguma chance de derrotar as forças do caos, eles precisarão de ajuda de Rá, o deus sol. Despertá-lo, porém, não será tarefa fácil: nenhum mago jamais conseguiu. Primeiro Carter e Sadie terão que rodar o mundo em busca das três partes do Livro de Rá, para só então começarem a decifrar seus encantamentos. E é claro, não podemos deixar de mencionar que ninguém - ninguém - tem idéia de onde está o deus.
Narrado alternadamente por Carter e por Sadie, com uma gama enorme de novos personagens e aventuras em diversos cenários do planeta, este segundo volume de As Crônicas dos Kane fará os leitores se segurarem na cadeira enquanto viram as páginas.

Minha opinião:

O cara sabe como escrever !
Rick Riordan mantém a fórmula e consegue escrever mais uma série que prende pela narrativa ágil, pelo suspense e claro, pelas tiradas de humor seco dos dois irmãos.
Mesmo sendo adolescentes, ambos agem como adultos, e com uma grande responsabilidade pesando sobre as suas cabeças ... e paro por aqui.
A sinopse já diz muito, e não vou estragar o restante da diversão contando os pormenores. Ficou curioso(a) ... pega o livro, se acomode e leia ... você não vai parar, até a última página !

Boa leitura !

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A Pirâmide vermelha

Livro:  A Pirâmide vermelha
As crônicas dos Kane - livro 1
Autor: Rick Riordan
Gênero: Ficção
Editora: Intrínseca
448 Páginas

Sinopse:
Desde a morte da mãe, seis anos atrás, Carter Kane tem viajado o mundo com o pai, o brilhante egiptólogo Dr. Julius Kane. Ele não frequenta a escola e seus pertences cabem em uma única mala. Enquanto isso, Sadie, sua irmã mais nova, é criada pelos avós em Londres. Ela tem tudo o que Carter queria: casa, amigos e a chance de levar uma vida “normal”. E ele tem tudo o que ela mais deseja: o convívio com o pai. Depois de tanto tempo separados, os irmãos não tinham praticamente mais nada em comum. Até agora.
Na noite de Natal, Sadie e Carter estão juntos quando o pai os leva a uma visita ao British Museum, com uma estranha promessa: ele afirma que fará com que tudo volte a ser como antes. O plano, porém, não ocorre como o esperado, e os irmãos acabam assistindo ao momento em que o Dr. Julius Kane evoca um personagem misterioso, que num relance desaparece com o egiptólogo e provoca uma explosão magnífica.
Abatidos pelo sumiço do pai, Carter e Sadie fazem uma descoberta ainda mais surpreendente: os deuses do Egito Antigo estão despertando, e Set, o mais perigoso deles, planeja algo terrivelmente assustador. Para salvar o pai, os irmãos embarcam em uma viagem perigosa – uma jornada que os conduz até muito perto da verdade sobre a sua família e a ligação ancestral que há entre os Kane e a casa da Vida, uma ordem secreta que existe desde a época dos faraós.
Minha opinião:
O livro é bom. Para quem leu a série de Percy Jackson e gostou, vai gostar das crônicas dos Kane também.
Nesta série, Riordan muda o foco para o Egito e seus faraós, mas é o mesmo estilo que a série os Olimpianos. Aqui são dois jovens irmãos, separados na infância que precisam lidar contra os poderes antigos do Egito.
Este primeiro livro é divertido, e não vou gastar meu tempo comparando as duas séries. Gosto de ler pelo simples fato de me distrair e me levar a um outro mundo, então, nada de críticas.
O livro é divertido, mesmo nos trechos mais assustadores, e eu sempre fui fascinada pela história do Egito Antigo, então, é legal ver a forma de como Riordan trouxe um pouco disto para o mundo atual e a forma como ele adaptou as divindades á nossa realidade.
Vale a diversão.

Boa leitura !

domingo, 1 de janeiro de 2012

A queda

Livro: A queda (volume 2 da Trilogia da Escuridão)
Autores: Guillermo del Toro e Chuck Hogan
Gênero:  Ficção
Editora: Rocco
352 Páginas
Eles sempre estiveram por aqui.
Em silêncio e na escuridão.
Esta noite a hora deles chegou.
Vampiros
Em uma semana, Manhattan será destruída.
Em um mês, os Estados Unidos.
Em dois meses - o mundo.
Sinopse:
O mundo foi tomado por uma misteriosa pandemia. Ao que parece, a praga começou a se espalhar depois que o boeing 777 pousou no JFK trazendo uma estranha carga a bordo.
Dr. Eph Goodweather, médico responsável pelo Centro de Controle de Doenças do aeroporto, descobre que o vírus, devastador para a humanidade, tem origem em outro mundo. Desacreditado por todos, ele precisa desesperadamente manter seu filho Zach longe da mãe que, contaminada, volta para infectar seus entes queridos.
Que ato maldoso da natureza foi capaz de criar seres que se alimentam de sangue? De onde eles vêm?
Descobrir a origem dos vampiros é a única chance de destruí-los, garante o professor Setrakian, um sobrevivente dos campos de concetração nazistas que dedica a vida a estudar estes monstros e está disposto a tudo para destruir o Mestre, a criatura sombria por trás da pandemia.
Na expedição que organizam para eliminar os vampiros ainda no ninho, Setrakian e Eph são guiados por Vasily, um exterminador de ratos que conhece os subterrâneos de Manhattan, onde as criaturas do mal se escondem. A gangue de rua Safiras junta-se ao grupo em mais um acordo inusitado entre os muitos que surgirão.
Além da luta de humanos contra vampiros, A queda, segundo volume da trilogia da Escuridão, narra uma outra guerra: Mestre, o mais jovem dos vampiros Antigos, quer eliminar seus rivais e controlar sozinho o planeta. Para isso, prepara uma geração mais forte e numerosa. A falange das crianças cegas comandada por ele é uma imagem assustadora da espécie que dominará o mundo com o início da Eterna Noite - e uma demonstração da inventividade e do talento literário dos autores, o cineasta Guillermo del Toro e o escritor Chuck Hogan.
Minha opinião:
Olha, o primeiro livro já foi assustador ... este aqui então, é medonho ! Fico imaginando como será o último da trilogia, já que eu precisei ler este daqui em doses homeopáticas, para não perder o sono!
Aliás, o primeiro livro desta trilogia foi também o meu livro de estréia no universo das resenhas literárias, já que com ele eu entrei no Projeto de leitura do fórum Traças & Cia, que posteriormente me levou para o blog do Traças também, onde já completo 2 anos de participação !  Eba !!
Mas, voltando ao livro, vou dizer ... é assustador mesmo, mas super empolgante, por que o plano do 'Mestre' está em andamento, e a narrativa nos deixa, além de assustados, querendo participar e ajudar a encontrar uma saída para a pandemia que está tomando conta do mundo.
E o final ... afff ... esse é de partir o coração ... mesmo.
Agora, só me resta guardar e torcer para que o terceito livro seja lançado logo !
Boa leitura!

Nosso Lar

Livro: Nosso Lar
Autor: Francisco Cândido Xavier, pelo espírito André Luiz
Gênero: Espiritismo
Editora: FEB – Federação Espírita Brasileira
344 Páginas
Sinopse:
Nosso Lar é o nome da colônia espiritual que André Luiz nos apresenta neste primeiro livro de sua lavra.
Em narrativa vibrante, o autor nos transmite suas observações e descobertas sobre a vida no mundo espiritual, atuando como um repórter que registra as suas próprias experiências.
Revela-nos um mundo palpitante, pleno de vida e atividades, organizado de forma exemplar, onde Espíritos desencarnados passam por estágio de recuperação e educação espiritual supervisionada por Espíritos superiores.
Nosso Lar nos permite antever o mundo espiritual que nos aguarda, quando abandonarmos o corpo carnal pela morte física.
Minha opinião:
Até agora, não posso dizer que formei uma opinião sobre o livro.
A linguagem é rebuscada, e vou ser franca … muitas vezes eu dormi lendo o livro.
Não é uma leitura fácil, tampouco de entretenimento … mas acho que vale a leitura, pois nos oferece uma visão do que pode nos esperar após a vida terrena.
Se eu acredito em reencarnação? Não sei, mas este livro me levou a pensar bastante a respeito.
E aqui eu fecho o meu projeto de leitura de 2011, desejando a todos um ótimo final de ano e que 2012 seja um ano de renovação, sucesso e prosperidade, e desejando a todos muita saúde, paz, amor, alegria, felicidade, harmonia e sabedoria!

Feliz Ano Novo !!!
004-1